MENU

Jovem morre carbonizado em Passo do Sobrado

Segurana pblica Crédito: Portal RVA

Sartori obtm liberao de 150 homens da Fora Nacional de Segurana e 30 viaturas

O efetivo que ser direcionado para o estado estava atuando na Olimpada

  • Sartori obtm liberao de 150 homens da Fora Nacional de Segurana e 30 viaturas
    Foto: Divulgação

O governador José Ivo Sartori obteve do presidente da República em exercício Michel Temer, nesta sexta-feira (26) no Palácio do Planalto, a confirmação do envio da Força Nacional de Segurança, ainda neste fim de semana, ao Rio Grande do Sul. O efetivo que será direcionado para o estado estava atuando na Olimpíada. Será enviado um pelotão de cerca de 150 homens e 30 viaturas pelo tempo que for necessário. A confirmação foi feita pelo secretário nacional de Segurança Pública, Celso Perioli. "Essa é uma primeira etapa. O auxílio terá continuidade", afirmou Sartori, que pediu também um presídio federal.

Sartori viajou a Brasília para solicitar a presença da Força Nacional para a guarda externa de presídios com o objetivo de liberar brigadianos para o policiamento ostensivo. O governador solicitou também recursos para investimento em armamentos, viaturas, coletes balísticos e equipamentos de monitoramento para estancar a criminalidade.

Na audiência, o governador destacou que a extrema limitação financeira o obriga a buscar recursos para providências imediatas. "Apesar dos investimentos já feitos e do Plano de Segurança lançado como resultado de grande empenho, o quadro de pessoal é insuficiente para frear a atual situação", argumentou Sartori, ao lembrar que recentemente foram chamados 752 policiais militares e 224 policiais civis aprovados em concurso.

O governador voltou a lamentar a morte de Cristine Fonseca Fagundes e disse que a equipe do governo do Estado está de luto e mobilizada para prender todos os criminosos. "Nos solidarizamos com os familiares das vítimas. Determinei que todas as forças da Segurança intensifiquem o trabalho para punir os responsáveis. Esse problema é uma questão nacional, maior, de legislação. Precisamos urgentemente de auxílio da União", afirmou.

A audiência foi articulada por meio de um contato de Sartori com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, na noite dessa quinta-feira (25). Também participaram da reunião, o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra; o ministro-chefe da Segurança Institucional, Sérgio Westphalen Etchegoyen; o secretário-geral de Governo, Carlos Búrigo; o senador Lasier Martins; e o deputado federal Mauro Pereira.

Na madrugada desta sexta-feira (26), o governador reuniu-se com o comando da Segurança Pública e secretários de Estado. No encontro de trabalho, que terminou próximo das 3h, Sartori determinou que fossem intensificadas as ações de Segurança, principalmente na Região Metropolitana de Porto Alegre. Um Gabinete de Gestão da Segurança Pública foi constituído pelo governador para a gestão desta área, e a coordenação está sob responsabilidade do vice-governador José Paulo Cairoli.

Tags: